Bancada da câmara sofre mudanças após filiações partidárias

por Ayrton Senna Alves Torres publicado 06/04/2016 16h59, última modificação 06/04/2016 16h59
 Bancada da câmara sofre mudanças após filiações partidárias

(Foto: Adriano Monteiro)

A bancada partidária da Câmara Municipal de Agrestina sofreu algumas modificações após o fim do prazo para as filiações partidárias no último dia 02 deste mês, como prevê o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Três partidos dividem o status de maior bancada da Casa Agrício Brasil, são o PDT, que conta o presidente da casa, Paulo Lima e Marcos Antônio (ex-PR), o PP com os vereadores Adilson Tavares e Edson Pedro, e o DEM com Ivan Bulhões (ex-PCdoB) e Sheila Marinho (ex-PPL).

As demais bancadas são consideradas minoritárias e contam apenas com um representante em cada legenda que são PSB, José Edison (ex-PT), PV com Valéria, PSDB com Zito da Barra, PSD com Severino Romão e PPS com Marciano Lopes, que reassumiu o cargo no início deste mês.  

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.